17 de jan de 2011


É madrugada. Tudo muito frio e úmido lá fora.
Aqui dentro, eu posso ouvir os passos que parecem vir da sala. Sim, estão cada vez mais fortes. 
Mas eu não tenho medo algum.. Fecho os olhos e imagino que é você o dono dos passos. 
E, nesse instante, até começo a imaginar o seu rosto - tão lindo. Mais passos, mais próximos.
Penso que não é apenas minha imaginação, mas não abro os olhos. Gosto do suspense. 
E os passos cada vez mais perto de mim, quase sinto-os tocar a cama. 
E então uma brisa leve entra pela pequena fresta da janela.. Posso sentir o seu perfume agora. Sei que é você. Ainda sem abrir os olhos,eu sorrio. E, como num sopro de anjo, adormeço assim. 
Com o seu olhar, no escuro, sobre mim e os últimos suspiros dançando no ar.

0 Comments: