11 de jul de 2010


Enquanto meus braços não são capazes de te alcançar,
contento-me com a certeza de que estamos sob o mesmo céu, 
e com a chance de estares olhando para a mesma estrela que eu.

- Lucas Silveira

Ela encarava o céu e repetia que as estrelas eram a coisa mais linda de se ver no mundo e, que daria tudo pra tê-las.
Ele, encarando o chão, pensava em uma forma de dizer que discordava.
Se tivesse coragem, ele a olharia nos olhos dela e diria que as estrelas não são nem de perto a coisa mais linda do mundo, perto dos olhos dela enquanto olha um céu estrelado. Diria que a coisa mais linda de se ver é o brilho que surge neles quando ela fala sobre as estrelas.
Se tivesse coragem, diria ainda que pedia todos os dias aos céus, às estrelas e a qualquer coisa que fosse um pouco mais divina do que ele que cedesse um pouco deste brilho para si e que assim, pelo menos uma vez, ela olhasse para ele com o mesmo fervor com que admira estes corpos celestes. Ele diria que implorava aos astros que fizessem o seu nome sair da boca dela com a mesma paixão com que a palavra estrela era dita.
Se tivesse coragem, ele falaria que não precisa das estrelas, pois mesmo que os céus se apagassem ele ainda estaria repleto de luz se ela estivesse ao seu lado.
Se tivesse coragem, tomaria o rosto daquela garota nas mãos e diria que não via razão para que ela quisesse tanto ver estrelas, sendo que bastava um espelho para que ela enxergasse o mais belo brilho do mundo.
 Dito isso, ele traria o rosto dela para perto e mostraria por que estava ali e sempre esteve ao seu lado e a roubaria para si para sempre.
Se tivesse coragem, se ela aceitasse.
Sua coragem é falha, principalmente quando se tratam de palavras a serem ditas. Elas sobem até o meio da garganta e se desfazem num nó, que não permite nada além de lágrimas.
Ele então suspirou e olhou para o céu outra vez:
- Sim, são lindas as estrelas.


2 Comments:

Iuri said...

eu já te falei que adorei esse texto...
mas eh sempre bom ler coisas bonitas...
essa frase do começo então... sem explicação1

te adoro!!

VIDA SEM MEDO said...

So tenho uma coisa para ti dizer " a estrela guia a luz da coragem"


adorei !!!
bjs Livinho Andrade