12 de set de 2010


O rosto estava inchado, o nariz vermelho e dos olhos ainda jorravam lágrimas. Lágimas e mais lágrimas. 
Ela estava apaixonada. Apaixonada pelo cara errado. Um cara normal, como todos os outros.
Ele era só um cara que gostava de futebol, tinha cantadas prontas, mil amigos e poucos compromissos como tantos outros caras.Um desses que não tem muitos atrativos, só mais um em um milhão. 
Um cara que sempre me fazia rir e conseguia me erguer dos meus tombos.
Mas não era só mais um. Era ele ...
E ela voltava a chorar.
O travesseiro molhado ,o relógio marcando 3 da manhã e ela apenas chorava. Tentando sem realmente conseguir, dizer a si mesma que o esqueceria, afinal era só mais um cara. E ela já esqueceu outros caras antes. Ao mesmo tempo que precisava esquecer para continuar a viver, era horrível não lembrar.
O pior de tudo isso é que, ela sabe que ele também gosta dela.
Mas continua repetindo para si mesma se culpando: "Quem mandou se apaixonar pelo cara errado?!"

1 Comment:

Iuri said...

Né, quem mandou...
parabens, mt bonito...

bjão, adoro vc